Veja as últimas postagens

Médicos Podem Trabalhar na Europa Revalidando seus Diplomas?

Revalidação de Diplomas nos países da Europa.

Contratações de Médicos a todo Vapor.

Nos últimos dias diversos países da Europa abriram contratações de médicos devido à Pandemia COVID-19. Em vista disso, facilitações para a revalidação de diplomas estão ocorrendo, permitindo que os médicos possam exercer o seu trabalho naqueles países.

Para se ter uma noção, a Espanha, assim como outros países europeus estão facilitando a homologação de diplomas de médicos.

Veja abaixo como é o procedimento: O processo de Revalidação de diplomas na Espanha permite que o seu diploma universitário brasileiro seja reconhecido no país, tornando a etapa de busca por uma colocação no mercado de trabalho espanhol através da sua profissão, muito mais fácil.

O primeiro passo para a Revalidação do seu diploma de medicina na Espanha é a abertura do processo de solicitação no Ministério de Educação Espanhol, etapa que pode ser realizada em qualquer período do ano. Para iniciar o processo será necessário apresentar a seguinte documentação:

  • Preenchimento do formulário de solicitação de homologação;
  • Original e cópia autenticada do passaporte ou documento de identidade espanhol;
  • Original e cópia autenticada do diploma de medicina brasileiro legalizado e traduzido juramentado espanhol; (Espanha Fácil possui escritórios no Brasil e na Espanha para realização dessas gestões administrativas.)
  • Original e cópia do histórico acadêmico que conste as disciplinas cursadas bem como suas respectivas cargas horárias devidamente legalizado e traduzido juramentado ao espanhol;
  • Comprovante de pagamento da taxa;
  • Certificado de conhecimento de Espanhol Nível B2, emitido pelo Instituto Cervantes (DELE) ou por outros institutos oficiais de ensino de idiomas na Espanha.
  • Conteúdo programático que conste as disciplinas cursadas bem como a descrição do conteúdo estudado em cada disciplina devidamente legalizado e traduzido juramentado ao espanhol;

Como é ser médico na Espanha?

A saúde na Espanha aparece em 19° na lista da Euro Health Consumer Index (EHCI) entre uma das melhores da Europa.

Por outro lado, o país está com déficit de 2,9% no número desejado de médicos. No Sistema Público de Saúde faltam 4 mil médicos especialistas.

De acordo com o Ministério de Saúde Espanhol hoje 50% dos médicos do país têm mais de 50 anos, isso significa que logo a aposentadoria irá chegar. Ainda de acordo com os dados divulgados hoje trabalham 138.797 mil médicos especialistas para uma população de 46 milhões de habitantes.  

Saúde na Espanha

De acordo com uma pesquisa da Bloomberg, a Espanha é o país mais saudável da Europa. O país tem a maior expectativa de vida de toda a União Europeia e presta um excelente cuidado primário nos centros de saúde com os médicos de família.

Prevê-se que a Espanha até 2040 tenha a maior vida útil da Europa com quase 86 anos. Por estes fatos, dados do Observatório Europeu de Sistemas e Políticas de Saúde de 2018, a Espanha conseguiu diminuir na última década as mortes por câncer e também o número de casos de doenças cardiovasculares.

Desta forma, pode-se dizer, que a boa saúde na Espanha se dá pelos hábitos alimentares saudáveis. A dieta mediterrânea, baseada em azeite de oliva extra virgem, nozes, peixes, azeitonas, apresenta um baixo teor de gordura, tornando os espanhóis mais saudáveis e com menos problemas cardiovasculares.

Salário de médico na Espanha

Acima de tudo, importante dizer, que o salário de médico na Espanha no sistema público de saúde é de em média  53 mil euros por ano (bruto). Cerca de 4.417,00 euros por mês. Alguns médicos conciliam o trabalho no sistema público e no privado.

Entretanto, médicos especialistas com anos de profissão chegam a ganhar 65 mil euros por ano. Atualmente, a Espanha tem recrutado médicos portugueses para trabalhar no país – especialmente na Galícia.

Os salários oferecidos aos médicos portugueses são de 4.393,00 euros por mês (bruto), quase o dobro dos que os médicos ganham em Portugal (médias salariais).

Médico brasileiro pode trabalhar na Espanha?

Sim, pode, desde que faça a validação do diploma brasileiro na Espanha. Atualmente, no país 9,4% dos médicos são estrangeiros. A grande vantagem de trabalhar na Espanha como médico, para profissionais vindos da América do Sul, é que em dois anos, eles podem solicitar a nacionalidade espanhola.

Após a homologação do título, a próxima etapa se configura na realização do exame MIR (Médico Residente Interno), prova exigida pelo Ministério da Saúde espanhol para iniciar a carreira na profissão. Importante comentar que o curso preparatório do MIR pode se realizado tanto na modalidade presencial como a distância e o prazo médio do curso preparatório são de 17 meses.

O exame do MIR ocorre de forma anual no mês de janeiro. Cumpridas as etapas necessárias para a obtenção de uma vaga como médico na Espanha, esteja atendo à necessidade de um visto de residência ou trabalho válido e mantenha-se legalmente no país contando com a Espanha Fácil para lhe assessorar nos trâmites necessários.

Você pode contar conosco para ASSESSORIA COMPLETA tanto para Revalidação, ou homologação do curso superior como também assessoria para visto de trabalho e residência, tanto para Espanha, como para a Irlanda, Nova Zelândia, Inglaterra, Alemanha, dentre outras. Não hesite em nos contatar.

Faça do WhatsApp um instrumento de nossa comunicação

+351 91185-91-95

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This